Ascendente.

Alguns amigos meus me perguntaram qual era a função do Ascendente, fiz uma pesquisa rapida e achei esse texto explicativo... é só um pouquinho grande! HAUHAUHAUH


O QUE É ASCENDENTE?
publicado por VTULESKI - Vanessa Tuleski

Um dos conceitos mais misteriosos em astrologia é o do Ascendente. Todo mundo já ouviu falar sobre Ascendente, mas poucas pessoas sabem o que é. Há muitas dúvidas: é complementar ao Sol? É mais forte do que o signo solar? É mais fraco do que o signo solar? Este artigo pretende esclarecer todas essas dúvidas.

O Ascendente e o Nascimento:

Quando uma pessoa nasce, há um signo no horizonte leste, nascendo junto com ela. Esse signo é o Ascendente. De acordo com esse signo (e com os planetas que estejam contido nele) dá-se as condições do nascimento dessa pessoa. É um signo dinâmico que está no horizonte leste? Então aposte em uma criança que vem ao mundo com muita energia e demonstrará sempre essa energia ao começar algo. É um signo calmo? Então o ambiente que receberá essa criança será sereno e ela tenderá a iniciar as coisas de um modo calmo.

O Ascendente imprime uma marca em nosso estilo de começar as coisas – fazer amizades, iniciar cursos, etc. Seu nascimento foi traumático, você quase morreu? Então é possível que a cada começo você reaja com bastante intensidade, sempre de um modo bastante emocional. Seu parto foi demorado? Isso irá fazer com que você sempre procure começar as coisas com certa cautela, para não cometer erros.

O Ascendente mostra as circunstâncias de nosso nascimento, as quais irão influenciar nosso comportamento externo durante toda a nossa vida. Assim, por exemplo, se quando você nasceu em um momento positivo para a sua família e durante o seu nascimento havia confiança, você irá sempre manifestar essa confiança e otimismo ao iniciar coisas novas.
O Ascendente como uma máscara

O Ascendente é como uma máscara, não em um sentido negativo, e sim no significado de roupagem. O Ascendente é aquilo que você PARECE SER. É a impressão pessoal que você quer transmitir e que transmite. Por exemplo, se o seu Ascendente é Virgem, você quer transmitir uma impressão de ser uma pessoa cuidadosa, prática, meticulosa. As pessoas podem achar que você é esforçado, inteligente. Mas também podem achá-lo muito crítico. A imagem que transmitimos está muito de acordo com o uso que fazemos dela. Assim, um Ascendente em Leão, por exemplo, pode parecer caloroso ou pode parecer arrogante, depende de como a pessoa está usando aquele signo. Um Ascendente em Libra pode parecer sociável ou muito hesitante.

O Ascendente como uma Busca


Estamos sempre buscando as características do signo Ascendente. É por isso que ele marca tanto a nossa personalidade. Quando buscamos algo, nos tornamos um pouco aquilo que buscamos. Assim, se buscamos segurança e estabilidade, também tentamos ser seguros e estáveis. É por isso que o Ascendente colore a personalidade.

Psicologicamente, o Ascendente parece estar associado a um padrão valorizado pelos pais na época do nascimento do filho. Assim, se os pais viviam um momento de mudanças, isso tende a se refletir no nascimento do filho e naquilo que ele irá procurar fazer durante a sua vida: inovar, mudar.

O Ascendente versus o Sol

Há muita confusão a respeito de Sol e Ascendente. A maioria das pessoas, ao aprenderem sobre o Ascendente, começa a questionar se aquilo que elas sabiam a respeito delas através da descrição do Sol é refutado pela nova coisa que elas descobriram, o Ascendente. A pergunta natural é: Afinal, sou o Sol ou sou o Ascendente?

Você é o Sol, mas a roupa que você usa é o Ascendente. Suponhamos que você seja do signo de Virgem. Assim, por natureza, você é uma pessoa prática e analítica. Mas seu Ascendente é Sagitário. Sua imagem pessoal é de uma pessoa expansiva e extrovertida, mesmo que você possa ser muito autocrítico. Tendo Ascendente em Sagitário, você também se relaciona com as pessoas em termos de idéias e tudo o que possa abrir a mente. Porém, tendo nascido com o Sol em Virgem, sua habilidade natural é a análise e a especialização, entretanto, com o Ascendente em Sagitário, mesmo assim você tenta ampliar conceitos e buscar uma visão geral.

Quando há muita diferença entre o Sol e o Ascendente, em geral você passa uma imagem ligeiramente diferente do que é. Assim, o Ascendente em Sagitário parecerá liberal e autoconfiante, essa é a sua maneira de se relacionar com o mundo. Entretanto, tendo o Sol em Virgem internamente você não é tão autoconfiante, visto que tende a analisar tudo, inclusive a si mesmo.

Quando o Sol tem mais harmonia com o signo do Ascendente, não há tanta tensão entre imagem (Ascendente) e o que você na verdade é (Sol). Se você é um pisciano com Ascendente em Câncer, você parece emocional, e de fato é emocional, porque os dois signos pertencem ao elemento Água, que rege as emoções.

Algumas vezes não há um choque entre o signo do Sol e o do Ascendente, e nem há harmonia. Isso produz combinações curiosas. Se você é de Peixes e o seu Ascendente é Áries, você tende a se lançar nas coisas com muita coragem. Mas seu eu interior é sensível. Se alguém não o conhecer, irá pensar que você é um ariano extrovertido e impulsivo (aliás, quase sempre as pessoas adivinham o nosso signo solar e não o signo Ascendente). Parte de você é assim, mas no fundo, apesar de muito extrovertido, você tem um lado sonhador, sensível, romântico que é o seu Sol. Só que a maneira como você se conduz no mundo – Ascendente – é mais combativa e direta.

É verdade que depois dos 30 anos serei mais o meu Ascendente do que meu Sol?

Por volta dos 28/29 anos ocorre um importante acontecimento astrológico: o retorno de Saturno. O retorno de Saturno é a volta que Saturno faz a um ponto de onde tenha saído. Essa volta leva 29 anos para ser completa.

Saturno é o planeta da estruturação e do amadurecimento. Antes dos 28/29 anos nenhum indivíduo é realmente adulto. Ele ainda é muito dependente da opinião da família ou ainda conta muito com a família, mesmo que não perceba isso. E também é muito filho ou filha, ainda que tenha uma vida financeira resolvida, por exemplo, e não dependa dos pais para nada. Ao voltar o ponto que ocupava no nascimento, Saturno faz com que percebamos nossas limitações e potencialidades. Também é um momento de inventário. Até essa idade, você ainda está TENTANDO fazer algo, mas a partir dela, você TEM de fazer algo. Mesmo que não perceba, nessa idade são comuns os questionamentos a respeito do que você fez ou não fez, se você atingiu seus objetivos ou não, e o que você quer daqui para frente. Você já não é mais um jovem de 18 anos que ainda é uma promessa. Dez, onze, anos depois não se pode ser mais uma eterna promessa.

O que isso tem a ver com o Ascendente? Tudo. Com a conscientização, você passa a utilizar melhor as suas habilidades e tentar conseguir o que quer. E muito do que você quer está relacionado com o Ascendente. Por exemplo, se o seu Ascendente é Capricórnio não tenha dúvidas de que o sucesso profissional é importante para você. Se o seu Ascendente é Gêmeos, sua necessidade de interação e de se comunicar bem é premente. Se o seu Ascendente é Câncer, você provavelmente vai querer constituir família, ter segurança e estabilidade emocional.

Porém, você não deixa de ser o seu Sol, e sim, amadurece o seu Ascendente, tem a chance de utilizar suas melhores habilidades se desejar. Por exemplo, se o seu Ascendente é Virgem, você passa a utilizar ainda mais seu lado criterioso e capaz de analisar.

É um erro dizer que depois dos trinta anos deixamos de ser o Sol. O Sol é o seu eu, é aquilo que de melhor você faz, são seus talentos naturais. O talento natural de quem tem o Sol em Libra, por exemplo, é a capacidade de moderar, harmonizar e tentar buscar o equilíbrio. Só que você, libriano, tentará fazer isso através do seu Ascendente. Suponhamos que esse Ascendente seja Câncer: a área em que você buscará harmonização e equilíbrio será a íntima e familiar, porque essa esfera é algo importante para você.

O que acontece depois dos trinta anos é que temos mais facilidade em nos conduzirmos no mundo. Antes dessa idade, ainda podemos ser muito vulneráveis a pressões do grupo, da família, àquilo que querem para nós. Depois dessa idade, temos consciência de que temos que procurar o que nós queremos para nós, porque no final a responsabilidade recairá sobre nós mesmos, quer sigamos uma opinião nossa ou dos outros.

Fatores que influenciam o Ascendente

Planetas em contato com o Ascendente acrescentam nuances e trazem modificações. Normalmente, uma pessoa com Ascendente em Virgem é mais tímida. Entretanto, se ela tiver Júpiter em oposição ao Ascendente, o lado expansivo de Júpiter irá aparecer com muita força. Ela não parecerá tímida, mas também não deixará de conservar características inerentes ao Ascendente em Virgem: ser observadora e voltar-se para analisar o mundo ao redor.

Outro exemplo, o Ascendente em Gêmeos produz pessoas comunicativas e versáteis. Mas o que acontece se o planeta Saturno estiver em Gêmeos? Ela parecerá mais séria, tentará se comunicar com mais cuidado, mas ainda assim terá a necessidade de se comunicar típica do Ascendente em Gêmeos. A diferença é que ela será mais estudiosa e tentará emitir pareceres mais cautelosos.

Mais um exemplo. Sempre ouvimos falar que um Ascendente em Libra tende a ter uma postura diplomática. Sim, é verdade. Mas se Marte estiver em aspecto (ângulos de 60, 90 120, 150 ou 180 graus) com o Ascendente, ela terá um lado impulsivo e mesmo sendo em geral diplomática não irá levar desaforo para casa.

E sobre o Ascendente em Capricórnio? Ouvimos falar que é conservador e retraído, tendendo a seriedade. E se Urano estiver no Ascendente? Essa pessoa pode continuar tendendo a seriedade, mas ela terá um impacto sobre as outras pessoas e trará muitas idéias inovadoras. Ela continuará tentando se ater a realidade, o que é típico de seu Ascendente, mas atendo-se a realidade ainda assim ela trará novas idéias. Poderá parecer louca/inconvencional, mas seu Ascendente em Capricórnio indica que ela sabe muito bem o que está fazendo.

Enfim, os planetas em contato com o Ascendente produzem muitas e muitas nuances, mas não modificam o significado básico do signo, mas dão uma nova roupagem a esse significado. Júpiter, por exemplo, traz expansão e extroversão. Se colocado no Ascendente em Escorpião, a pessoa valoriza muito a sua privacidade, mas ela também tem um lado expansivo. Na verdade, pode parecer que está sendo extrovertida (Júpiter), mas no fundo continua a preservar seu espaço íntimo (Escorpião). Sua saída para fora é uma tentativa de crescimento e progresso, mas ela continua tendo a típica reserva de um Ascendente em Escorpião, mesmo que não pareça.

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta aew, vai... xD

Pesquisa personalizada

Lets

Lets
- Libriana de 20 anos.
Minha foto
Fortaleza, Ceara, Brazil
Não sei me descrever e talvez eu nunca saiba. Só sei que não sou como as pessoas pensam, não sou nem o que eu penso de mim mesma... confuso nér? Eu sei. Tenho 20 anos, sou tecnica em Edificações e faço graduação em Agronomia. Não sou Nerd nem relaxada, me esforço em tudo o que faço, gosto das coisas bem feitas, então ou eu faço bem feito ou não faço! Gosto acima de tudo de me divertir, meu maior medo é perder tempo na vida, gosto de vivê-la do melhor jeito, com as melhores pessoas. Quero ser muita coisa ainda e to correndo atras, quero mostrar quem posso ser para os que não acreditam em mim. ér isso \o/

- seguidores

- só eu sei. © 2008. Blog design by Randomness