Fernando Pessoa.


"Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário. 

Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas. 

Se achar que precisa voltar, volte! 
Se perceber que precisa seguir, siga! 
Se estiver tudo errado, comece novamente. 
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a. 
Se perder um amor, não se perca! 
Se o achar, segure-o!"

                              - Fernando Pessoa.


Porque eu sei que ela gosta.


Pra voocê Rebeca Pierre.
- Feliz Aniversário! ~

"O amor é um sonho que chega para o pouco ser que se é."

5 comentários:

Samarav | 25 de abril de 2010 13:52

aaah esse poema *---*
li pela primeira vez hoje e por pura coincidência encontro o mesmo poema do teu blog.
eu amei esse poema, é lindo

beijo

Lethicia | 25 de abril de 2010 15:30

Éee liindo siim! ><
E a Rebeca minha amiga
adora Fernando Pessoa
por isso postei aki, pra ela!
xD

Laura Ribeiro | 25 de abril de 2010 17:07

Eu adoro esse poema, inspira de verdade :3

Lethicia | 25 de abril de 2010 17:37

éer sim. *---------*

Dhandara | 25 de abril de 2010 21:30

Gostei do seu blog.. te segui !
visite o meu e se gostar me siga tbm ;D
http://meufashionworld.blogspot.com/

Dhandara ;*

Postar um comentário

Comenta aew, vai... xD

Pesquisa personalizada

Lets

Lets
- Libriana de 20 anos.
Minha foto
Fortaleza, Ceara, Brazil
Não sei me descrever e talvez eu nunca saiba. Só sei que não sou como as pessoas pensam, não sou nem o que eu penso de mim mesma... confuso nér? Eu sei. Tenho 20 anos, sou tecnica em Edificações e faço graduação em Agronomia. Não sou Nerd nem relaxada, me esforço em tudo o que faço, gosto das coisas bem feitas, então ou eu faço bem feito ou não faço! Gosto acima de tudo de me divertir, meu maior medo é perder tempo na vida, gosto de vivê-la do melhor jeito, com as melhores pessoas. Quero ser muita coisa ainda e to correndo atras, quero mostrar quem posso ser para os que não acreditam em mim. ér isso \o/

- seguidores

- só eu sei. © 2008. Blog design by Randomness